Roberto Romanello supera mesa final estrelada e conquista título do High Roller do Caribbean Poker Party

O Caribbean Poker Party teve início no dia 9 de novembro e atraiu uma multidão de craques para o Baha Mar Resort & Casino, nas Bahamas. Com um cronograma que possuía cinco torneios com buy-in elevado, o nível técnico dos jogadores que circulavam nas dependências do local impressionava.

A elevada qualidade técnica do field ficou evidente no último High Roller do cronograma. Somando todos os finalistas, o resultado em torneios live ultrapassava a marca de US$ 80 milhões. O grande campeão dessa estrelada mesa final foi o embaixador do partypoker Roberto Romanello, que conquistou o prêmio de US$ 450 mil e se aproximou da marca de US$ 4 milhões em premiações nos eventos live.

Após mais de três horas jogando a mesa final não oficial, com nove jogadores, Benjamin Pollak foi eliminado e foram conhecidos os nove finalistas, com Romanello iniciando a decisão com o terceiro maior stack.

O começo não foi nada favorável para o britânico, logo após a queda de Adrian Mateos na oitava colocação, Romanello acabou perdendo quase metade das fichas para Daniel Dvoress. Poucos minutos depois, foi a vez do brasileiro João Simão se despedir da competição na sétima colocação.

O 4-handed foi formado com o short stack tendo quase cinquenta blinds. Com uma estrutura tão deep, o próximo eliminado foi conhecido após mais de uma hora de jogo e foi a vez de Justin Bonomo deixar a competição.

Se conhecer o quarto colocado foi um longo período, o próximo eliminado só foi conhecido após uma batalha de três horas. Dvoress iniciou o 3-handed com quase o dobro das fichas dos demais adversários, mas em uma reviravolta impressionante acabou deixando a competição em terceiro lugar, seu algoz foi Romanello.

O heads-up começou com o britânico e o italiano Mustapha Kanit praticamente empatados, mas com um início arrasador Romanello já conseguiu abrir uma ampla vantagem. Com pouco mais de uma hora, o representante do partypoker conseguiu definir o confronto.

Os finalistas se envolveram em all in pré-flop e o chip leader mostrou AK contra contra K2. O board não mudou a situação pré-flop e Kanit acou deixando a competição na segunda colocação. Pelo desempenho, o italizano recebeu o prêmio de US$ 271.200.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Roberto Romanello (Reino Unido) – US$ 450.000

2º – Mustapha Kanit (Itália) US$ 271.200

3º – Daniel Dvoress (Canadá) – US$ 210.000

4º – Justin Bonomo (Estados Unidos) – US$ 160.000

5º – Garik Tamasian (Rússia) – US$ 125.000

6º – Guillaume Diaz (França) US$ 100.000

7º – João Simão (Brasil) US$ 80.000

8º – Adrian Mateos (Espanha) – US$ 65.000

Compartilhe com seus amigos