Roubo de blinds em torneios.

Por Paul Cheung.

O roubo de blinds é uma das bases do poker. Ele é o metodo mais básicos para
aumentar o stack.
Ao efetuarmos um roubo de blinds, devemos considerar fatores como o tamanho dos
stacks, posição, situação do torneio e as dinâmicas da mesa e de outros
jogadores. Em cada mão, é vital obter e usar o máximo de informações
necessárias para tomarmos decisões.

Senso de posição

A maneira mais obvia de roubar os blinds é estando o mais próximo possível do
botão, em posição final, pela quantidade de informações que você terá e a
possibilidade de, caso receba um call, ser sempre o último a falar em cada
street.

No online, a maioria dos torneios high stakes tem se tornado mais difícil, e
muitos jogadores estão jogando mais agressivamente contra aqueles que aumentam
em posição. No ao vivo, muitos ainda preferem pagar nos blinds, isso se deve
também pela possibilidade de ler seus oponentes.

Pela mesma lógica, é preciso um range mais tight para abrir raise em posições
iniciais, uma vez que a mesa toda ainda irá falar depois de você. Entretanto o
roubo em posição inicial pode, em determinadas situações, ser lucrativo por que
parecerá uma jogada tão forte que muitos terão medo de enfrentá-lo. De fato,
muitos jogadores até foldariam mãos fortes por medo do seu reise inicial.

Isso é melhor usado com uma imagem tight ou perto da bolha. Efetivamente não
importa que mão você tem ao fazer esse movimento. O mais importante é o tamanho
dos stacks.

Quanto menores forem os stacks, mais atrativas são mãos como A-x, pares e
cartas figuradas. Quanto maiores os stacks, melhores são mãos como suited
connectors e A-x. Já os pares pequenos tem seu valor diminuído.

Tamanho dos Stacks

Em um torneio, o tamanho dos stacks será um dos fatores importantes na escolha
de como jogar a mão, então é importante prestar atenção em todos os stacks da
mesa e qualquer oportunidade de roubar os blinds. Por exemplo, uma boa
oportunidade de fazer um aumento light pe quando o big blind está short e não
tem nenhuma equidade de fold em um re-shove (menos de 10 BB)

Nesta situação, é muito lucrativo aumentar com mãos que não são super fortes,
mas tem mais equidade do que o suficiente para nunca foldar. Isto ganha enfase
conforme nos aproximamos da bolha do in the money e da bolha da mesa final,
onde a estratégia correta para o short stackers é tornar-se ainda mais tight.

Aqui é onde o ICM se torna mais importante do que em qualquer outro ponto de um
torneio. Os short-stackers não querem ir all-in com qualquer coisa, já que isso
pode ser a diferença entra uma pequena e uma grande premiação. Outra situação
de stack size é aumentar contra stacks inapropriados. Algo como 30 big blinds,
são sempre difíceis de jogar com mãos marginais, porque defender os blinds
three-betando pode custar muitas das suas fichas, e o flat call trás problemas
por ter de jogar fora de posição no pós-flop.

Nem todas as decisões devem ser tomadas baseadas no tamanho dos stacks,
entretanto, e principalmente quando temos jogadores fracos nos blinds, maior é
o incentivo para roubar os blinds. Se eles são muito tights, é melhor abrir
raise com um range maior de mãos. Se eles pagam muito, abrir raise contra eles
continua sendo muito lucrativo, mas é melhor diminuir o tamanho de “airs”
(blefes) em seus raises.

Contra jogadores regulares, o mais importante é se ajustar as dinâmicas
especificas da mesa e também à imagem dos jogadores sentados nela. Eles
geralmente não cometerão erros óbvios como os fishs, mas eles também podem ser
explorados, de formas diferentes.

Tamanho de apostas

No inicio de um torneio, o aumento inicial pode variar desde o mini-raise até
4x o BB. Isso depende da dinâmica da mesa e sua posição. Eu define esse período
como sendo o pré-antes (quando o antes ainda não entrou em jogo) e os stacks
tem, em média. 50 BB ou mais.

Eu vou ajustar minha aposta, dependendo do que eu pretendo conseguir com ela.
No inicio de um torneio, pode haver um fish depois de mim que vai sempre pagar,
não importa o que aconteça. NEste caso, eu irei dar um mini-raise com qualquer
mão especulativa que eu queira jogar, e apostar 4x o BB com minhas mãos
realmente fortes.

Em estágio intermediário do torneio, o ante entra em jogo e aumenta o valor de
qualquer roubo de blinds. Os jogadores com stack médios começam a perder
fichas, e isso significa que é necessário aumentar com mãos bem fortes, já que
quando fizermos isso estaremos comprometendo boa parte de nossos stacks.
Entretanto, podendo aumentar 2.5x o BB, ainda temos muito incentivo para roubar
os blinds.

No passado, 2x o BB era o aumento padrão para um raise inicial em torneios.
Então, descobrimos que 2.5x tem virtualmente o mesmo efeito. Hoje em dia, em
geral, a idéia é aumentar o menor possível.

Em fato, o mini-raise é algo que alguns poucos jogadores tem feito ultimamente.
Isto porque conforme o torneio avança, e os stacks diminuem, menos jogadores
pagam raises, e o re-steal se torna uma importante arma em seu arsenal. O
mini-raise, nesta situação, tem o mesmo papel que o aumento de 2.5x o BB, e te
poupará muitas fichas se você enfrentar um three-bet.

Em torneios live, os aumentos pré-flop tem aumentado. Os vilões estão propensos
a dar mais flat-calls, e os ranges para three-bet tem se tornado mais
restritos. Entretanto, isso depende do vilão, e contra jogadores oriundos do
online pe melhor manter uma linha similar ao jogo virtual.

Abrindo o seu range

Torneios de poker são um balanço entre acumulo de fichas e conservação de
stacks e por essa razão você deve ser mais seletivo conforme seu stack diminui.
Se tivéssemos, por exemplo, 17 big blinds, com Qs-Js no cut-off, eu
provavelmente aumentaria para roubar os blinds possivelmente com a melhor mão.
Mas, sempre que eu for re-aumentado, perceberei que tenho pouca equidade.

Se o vilão re-aumentar all-in com 40% das mãos, que é um range ridículo, mesmo
assim eu só tenho 49,85% de equidade. Contra 20% das mãos eu tenho 44% de
equidade, e contra 10% eu tenho 36%. Com todo o dinheiro morto em jogo, eu
praticamente estou sendo pago para dar call. Uma solução interessante é shovar
o QJ suited.

Como disse no início, o open-shove será sempre uma opção. Muitos jogadores já
estão familiarizados com o range open-shove de short stacks. Esses ranges são
geralmente bem tights em posição inicial, pela quantidade de pessoas que ainda
vão falar na mão, e mais especulativos em posição final.

Mais, apesar de que com 17 BigBlinds seja muito mais para shove, boas cartas figuradas são excelentes para dar shove quando há jogadores fortes depois de você, porque isso força-os a foldar mãos com as quais eles poderiam re-aumentar você.

Ir all in com cerca de 20 BB é defendido pelo grande jogador on-line “djk123”. Ele afirmar que é lucrativo shovar esse tipo de range em situações onde ainda não houve shoves. Não espere que os jogadores foldem suas mãos boas, mas eles vão foldar mãos com má equidade, mesmo sabendo que nós não temos um range tão forte assim.

Esta é, claro, uma jogada de variância muito alta, mas provou-se ser uma opção válida quando aumentar e foldar mãos fortes seria um desastre e aumentar e pagar não é efetivo.

Compartilhe com seus amigos