Especialista nos Mixed Games, Jean Vicente vence 8-Game Mix da WSOP Brazil Rio: “sensação indescritível”

Notícias publicada em 10/10/2018 - 15:13

No cenário nacional, Jean Vicente pode não ser dos nomes mais conhecidos, mas quem acompanha o poker em Brasília (DF) sabe que o profissional é um jogador cheio de conhecimento nos Mixed Games. Na WSOP Brazil Rio, Jean provou essa habilidade ao passar por um field cheio de grandes nomes para ficar com o título do 8-Game Mix e faturar o prêmio principal de R$ 21 mil, além de levar o anel de campeão do circuito.

“É uma sensação indescritível, que pouquíssimos jogadores terão o prazer de sentí-la”, comemorou. “Então estou muito feliz, acho que a etapa aqui no Brasil só veio a coroar o desempenho dos brasileiros, haja visto que os jogadores brasileiros estão fazendo bonito no online. Aqui também acho que o field está bom, atrai públicos de todos os países. Realmente o poker como esporte é algo que fascina e nos deixa muito felizes.”

O campeão exaltou o complicado field que precisou superar e falou sobre a experiência nas modalidades menos populares. “De onde eu venho, a Federação Brasiliense de Poker, sou tetracampeão dessa modalidade, então esse trabalho lá foi forjando minhas habilidades no 8-Game”, explicou. “Jogar aqui contra [Rodrigo] Garrido, [Rodrigo] Zidane, só monstros do jogo, então é muito bom jogar de igual para igual com Mojave, Akkari, Decano, enfim, é bom demais jogar ao lado deles e se sentir bem.”

Apesar do belo prêmio, considerando que os torneios de 8-Game costumam receber fields menores, valeu mesmo a conquista do anel que coloca o jogador no grupo de brasileiros campeões do circuito. “O prêmio em si é algo que passa batido frente à joia que você conquista ou algo que realmente representa quando você coloca um anel desses”, contou Jean. “O dinheiro nem faz diferença, o anel é para toda a vida e nos projeta para algo muito maior do que a gente imagina.”

Tendo o 2-7 Triple Draw como sua modalidade favorita e o No Limit Hold’em como a menos preferida, ele explicou porque decidiu se aventurar nos Mixed Games. “Eu tive o prazer de visitar Vegas nos últimos 10 anos, jogar grandes torneios, e sempre vi jogadores de classe mundial jogando todas as modalidades. Percebi que isso melhorava o skill de leitura dos outros adversários, então eu me espelhei nos grandes jogadores que jogam essas modalidades. Acho que a maioria não sabe, mas os jogos mais caros do mundo são jogados em 10 modalidades, então quando você se prepara, dedica e estuda, fica mais completo e tem um jogo mais prazeroso.”

Confira a classificação final

1 – Jean Vicente – R$ 21.000
2 – Hilary Samy – R$ 13.000
3 – Rodrigo Zidane – R$ 8.854
4 – Ricardo Sarpa – R$ 6.000
5 – Hudson Corteletti – R$ 4.400
6 – Diogo Antunes – R$ 3.400

Compartilhe com seus amigos


 

Mais Notícias Tá na Mão: após engano de oponente, Renato Nomura é eliminado em cooler na WSOP Brazil Rio
Tá na Mão: sem informação do oponente, Vinícius Pinheiro é blefado por J-high na WSOP Brazil Rio
Recordista de anéis avança entre os maiores stacks no Dia 1B do Main Event da WSOP Brazil Rio
Tudo no pano! All in quádruplo no Main Event da WSOP Brazil Rio termina em grande bad beat
Paulo Santos bate Andrew Zeus no heads-up e vence Brazilian Storm da WSOP Brazil Rio: “muito emocionado”
Especialista nos Mixed Games, Jean Vicente vence 8-Game Mix da WSOP Brazil Rio: “sensação indescritível”