Curso de Texas Holdem

O que fazer quando cai minha queda no River?

Muitos novatos automaticamente dão check num bom flush, se estão numa “early position”, esperando a velha manobra do check-raise e, desse modo, prendendo seus oponentes para uma aposta adicional. Outros sempre apostarão. Estas são duas estratégias muito diferentes. Qual está correta?

Regra Geral do Check-Raise – Parte 1 da regra geral: faça-o quando acredita que você teve melhor mão na maioria das vezes que você pagou durante esta jogada. A parte 2 da regra geral indica que você necessita estar razoavelmente certo que seu oponente apostará se você der check. Não é nada agradável dar check com uma grande mão e ver todos os demais jogadores darem check após você, especialmente quando constata que pagariam se você tivesse apostado. Se não estiver certo que tem a melhor mão quando for pago, ou mesmo se não for certo que um de seus oponentes apostará caso dê check, nunca use check-raise.

Par superior no River – Um dilema sobre o que fazer quando você está com o par superior contra um ou dois oponentes e todas as cartas já estão na mesa. Agora você tem que decidir se dá check ou aposta ou, se seu oponente agir antes, se paga, dá fold ou dá raise.
Se for observador, terá percebido que alguns oponentes quase sempre apostarão com par superior no River, a menos que haja uma ameaça forte de um flush ou de sequência. Outros apostam raramente com um par, mesmo quando o Board não o está ameaçando. A maioria, entretanto, fica no meio termo entre estas duas posturas. Não há nenhuma fórmula para ajudá-lo a determinar a melhor decisão, mas há algumas coisas que você pode fazer para esclarecer este dilema.

Suponha que você é primeiro a falar e aposta antes do Flop com A K. Dois adversários pagam. Você apostou no Flop e no Turn. Agora, o Board mostra A-Q-4-7-9 de naipes misturados. Ninguém deu fold, é sua vez de falar. Você aposta ou dá check?

Você baterá qualquer par, mas perderá para quaisquer dois pares. A menos que um de seus pagadores tenha um par de noves fazendo uma trinca no River, você pode assumir que não haverá nenhuma trinca contra você. Se um de seus oponentes tivesse feito uma trinca no Flop ou no Turn, teriam dado raise no Turn, quando os valores da aposta seriam o dobro.

Seu interesse real, naturalmente, é se um de seus oponentes tem dois pares. Se um oponente tivesse A- Q, provavelmente aumentaria antes do Flop, pagaria no Flop e daria raise em sua aposta no Turn. Um oponente que tenha A-7, A-4, Q-4, ou Q-7 provavelmente teria dado raise no Turn.

Se seus oponentes dariam raise com quaisquer dois pares e se simplesmente pagam com mãos menores, tais como A-8 ou Q-j, você quererá apostar. Se fizerem dois pares no Turn, ali seria quando dariam raise. À exceção da possibilidade que estejam com A-9, Q-9, 9-7, ou 9-4, sua aposta no River deverá conseguir pelo menos um call e você ganhará.

Imagine agora o mesmo cenário, mas esta vez, seu oponente é primeiro a falar. Se apostar, você dá fold, Call, ou raise, e se der check, deve você apostar? Se seu oponente for muito agressivo, você pode dar raise se suspeitar que está apostando uma mão mais fraca do que a sua. Se for um jogador Tight, pague somente a aposta dele. Se for uma rocha real que raramente blefe e apostar no River, desista com qualquer jogo, a menos que tenha par de Ases ou de Reis com um Kicker muito alto.

A chave naturalmente é procurar cada vez mais conhecer seus adversários e suas tendências em mãos diversas. Ter par superior no River é uma situação bastante comum e é criticamente importante que você aprenda a jogar bem com ele em mãos.

Quando o Pote fica grande – Especialmente quando se tem uma rodada de muitas apostas no Pré Flop, os potes costumam chegar ao River com valores bastante elevados. Isto pode amarrar muitos jogadores na disputa, e se o Flop fornecer uma possibilidade de flush ou mesmo de sequência, você pode estar certo de que seus oponentes irão até o fim.

Se as cartas que completariam um flush ou uma sequência não caírem no River, uma primeira aposta geralmente eliminará todos os oponentes que estavam pela queda. Frequentemente, há somente dois ou três oponentes que disputam um Pote muito grande no River. Você poderá estar com um segundo par, ou par superior com um Kicker marginal, e seu oponente vem apostando. Neste caso, você tem uma mão que daria Fold se o Pote fosse pequeno, mas com todo esse dinheiro nele, o que deve fazer? Suponha que você está jogando Limit $3-$6 e o Pote é $90 como Board completo na mesa. Se seu oponente apostar, o pote passará para $96 e está oferecendo 16-para-1 em seu dinheiro. Se você pagar e for batido, o custo é somente de $6 adicionais. Se você der Fold e seu oponente estivesse blefando você cometeria um erro de $96.

A resposta parece ser óbvia. Se você acredita que, numa situação como esta, seu oponente blefaria mais de uma vez em cada 16, vá adiante e pague. Somente se você estiver convencido de que seu oponente nunca blefa, então poderá confortavelmente jogar sua mão fora.

Sempre será melhor cometer um pequeno erro pagando com uma mão perdedora do que o erro catastrófico de dar Fold sendo vencedor. Na situação acima, sempre que você possa perceber que seu oponente é capaz de blefar somente uma vez em 10, pagar será muito mais inteligente do que dar Fold.

Se você precisasse pagar 10 vezes, você perderia $6 em nove ocasiões, somando um total de $54. Na décima ocasião, você ganharia um pote de $96, com um lucro líquido de $42. Se você dividir seu lucro pelas 10 vezes que você pagou, sua decisão vale a pena: $4,20 cada vez que você a faz – não obstante se você ganha ou não este pote em particular.

Se você for o segundo a falar e pensar que tem a possibilidade da melhor mão, mesmo se você não se considera o favorito, você pode querer dar raise se seu oponente apostar. Fazendo isto, você pode tirar o terceiro do jogo. Se seu primeiro oponente estiver apostando com uma mão razoavelmente fraca esperando que você desista, poderá agora dar Fold se suspeitar que você tem um grande jogo. Um jogo tal como este pode adicionar alguma decepção a seu jogo, mas como todos os jogos em que o River não completa mãos, você tem que saber usá-lo frugalmente.

Cinco dicas para navegar no River

Siga este mapa e você evitará os piores obstáculos ao longo de sua navegação.

1 – Uma vez que a carta do River esteja exposta, sua mão já não tem por muito tempo valor potencial. Seu valor estará completamente realizado na sua vez de falar.

2 – Sua decisão de dar check ou apostar se ninguém agir, dar Fold, pagar, dar raise ou reraise só poderá ser baseada no valor realizado da sua mão.

3 – Quando você faz dois pares, geralmente será a melhor mão. Mas se o Turn ou o River trouxerem uma terceira carta que forme um conjunto de três cartas do mesmo naipe, tenha cuidado – seu oponente pode ter feito um flush.

4 – Quando o pote é grande, é melhor errar pagando com a mão pior, que dar um Fold em que seria vencedor.

5 – Dar raise no River exige uma mão que seja forte bastante bater as mãos legitimadas pelo call.

A partir daqui só lhe restará a alternativa de jogar muitas vezes, sempre procurando aprender e se convencer de que o Hold’em é um belo jogo que exige muita habilidade e inteligência.

Compartilhe com seus amigos